tse4allm logo

UNIDOGoverno de Moçambiquegef

CAPA PT

 

Dentro desta edição


1. TSE4ALLM apela à manifestação de interesse para projectos de demonstração de sistemas de energias renovaveis de pequena e média dimensão
2. Assinado acordo entre UNIDO, BCI e FUNAE para financiar projectos de energias renováveis em Moçambique
3. UNIDO assina acordo de cooperação com a UEM para promoção de actividades de capacitação técnica e gestão do conhecimento sobre sistemas de energias renováveis
4. Aumento da produção agrícola e geração de rendimentos para agricultores de pequena escala com a utilização de bombas de água solares

Ler mais >>

Subscreva a nossa boletim mensal AQUI

mundancas climaticas
 
No dia 15 de dezembro de 2020, foi assinado um memorando de entendimento entre CimateScience e o projecto TSE4ALLM com o objectivo de promover mutuamente a educação sobre as mudanças climáticas, especificamente no que diz respeito às energias renováveis em Moçambique. ClimateScience cria conteúdos educativos divertidos e gratuitos sobre mudanças climáticas, a fim de inspirar estudantes e profissionais a contribuir para soluções climáticas.  A missão de ClimateScience é tornar o conteúdo baseado na ciência acessível a todos, e ajudar a educar indivíduos e organizações em todo o mundo sobre as mudanças climáticas. São criados cursos maravilhosamente ilustrados e compreensíveis, bem como vídeos do YouTube que dão aos alunos a possibilidade de praticar os conhecimentos adquiridos na apresentação e debate dos seus resultados. 
 
Por outro lado, a missão do projecto TSE4ALLM é avançar para uma energia sustentável para todos em Moçambique. Actualmente, as modernas fontes de energia para uso produtivo e o envolvimento do sector privado são limitados nas zonas rurais. O projecto visa a envolver o sector privado a fim de promover a disseminação no mercado de sistemas integrados de energia renovável, o que ajudará então a fornecer a energia necessária às áreas rurais para uso produtivo. Para além de criar projectos-piloto para mostrar os benefícios destes sistemas de energias renováveis, o projecto TSE4ALLM procura também educar indivíduos, o sector público e o sector privado sobre os benefícios das energias renováveis no que diz respeito às mudanças climáticas.
 
À luz disto, informações sobre módulos de formação sobre mudanças climáticas concebidos pela ClimateScience estão a ser partilhadas com diferentes intervenientes no projecto TSE4ALLM, incluindo agências governamentais, instituições de ensino superior, PMEs, fornecedores de tecnologia de energias renovaveis, organizações parceiras e os seus grupos-alvo, entre outros, através de canais seleccionados. 
 
 
NEWS2
 
Em Fevereiro de 2020 foi assinada uma declaração conjunta pelo Director-Geral da Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO), Li Yong e Orlando Antonio Quilambo, Reitor da Universidade Eduardo Mondlane, para promover o desenvolvimento sustentável na disseminação dos sistemas de energias renováveis em Moçambique.
 
O comprossisso assinado entre a UNIDO e UEM no âmbito do projecto TSE4ALLM têm como objectivo desenvolver uma relação a longo prazo para promover o desenvolvimento sustentável nas áreas de sistemas solares fotovoltaicos e de biomassa (resíduos para energia); disseminação de tecnologia das energias renováveis; promoção da adopção da tecnologia das energias renováveis; e o desenvolvimento de tecnologias locais sustentáveis para a indústria de agro-processamento.
 
A UNIDO e UEM com apoio financeiro do Fundo Global para o Ambiente (GEF) estabeleceram cinco grupos de trabalho do projecto TSE4ALLM, cujo objectivo é proporcionar uma plataforma para o estabelecimento de ligações entre o sector privado, o sector público, o meio académico e as instituições de investigação, empresas de serviços energéticos e provedores de soluções, fornecedores de tecnologia, a fim de promover a competitividade na adopção de sistemas integrados de energias renováveis. Isto será conseguido através de reforço da cooperação, desenvolvimento de capacidades e partilha de conhecimentos, localização de tecnologias, ligação com fornecedores internacionais de tecnologia, e colaboração com a investigação e o meio académico que acabará por levar a uma maior adopção de sistemas ER em Moçambique.
 
 
NEWS1
 
Em resposta à pandemia da COVID-19, a UNIDO, através do projecto TSE4ALLM, fez um apelo aberto à entidades, organizações, empresas e consórcios de empresas moçambicanas para a implementação conjunta de vários projectos de investimento que envolvem o desenvolvimento de sistemas de energias renováveis até 20 kW de capacidade instalada (para sistemas solares) e até 50m3 de produção de biogás (para sistemas de biomassa). A convocatória foi ligada à demonstração tecnológica para Projectos de Energias Renováveis de pequena e média dimensão nas áreas de; conservação e agro-processamento, bombagem e irrigação a base solar, e produção de energia apartir de resíduis sólidos.
 
A subvenção cobrirá 50% do investimento total e os beneficiários do projecto seleccionados deverão co-financiar os restantes 50% em dinheiro ou em espécie. As propostas a apresentar podem consistir num único projecto de um lado ou num pacote de projectos de diferentes locais por outro, desde que as condições globais em termos de nível médio de relação entre o custo do capital e a capacidade instalada sejam geralmente observadas.
 

Smallholder farmer irrigating her cabbage garden using with water from a solar irrigation pump‘’We set up the water pump, we follow the sun, align the panel, the water comes out and we start irrigating,” explains Ines Maria Paulo, a smallholder farmer and President of the Wanga Udje Farmers' Club, as she demonstrates how to use a solar irrigation pump.